ABNT Instaura Normas Pra Reformas De Casas E Apartamentos

17 May 2018 22:37
Tags

Back to list of posts

is?-Fw-WqszPvtGKu94VoSQg_jVTyP3OW-osSu_ooChaHA&height=195 De agora em diante, quem for reformar a moradia ou apartamento e necessitar derrubar uma parede, instalar ar condicionado ou trocar o piso, vai ter que contratar um "Engenheiro" ou arquiteto pra fazer um projeto. Menores reparos, como pintura da parede ou colocação de gesso no teto, como por exemplo, não se encaixam nas outras regras da ABNT. Por outro lado, bem como entram nesta tabela: a troca de canos, janelas, "instalações elétricas" e a gás.A necessidade de gerar a norma veio após diversas tragédias onde desejamos sitar a do dia 25 de janeiro de 2012, no centro do Rio de Janeiro. O Edifício Autonomia, de 20 andares, que passava por reformas, desabou e levou abaixo dois prédios vizinhos. Para imóvel em garantia, toda reforma que altere ou comprometa a segurança da edificação ou de seu entorno deverá ser submetida à observação da construtora/incorporadora e do projetista, dentro do período de garantia.Após este prazo, exigirá projeto de reforma e laudo técnico assinado por "Engenheiro" ou arquiteto. E o síndico ou a administradora, com base em parecer de "Especialista Engenheiro" ou arquiteto, poderão autorizar, autorizar com observações ou proibir a reforma, caso entendam que ela irá botar em risco a edificação. Esta faltando água no seu condomínio? Representante bacana do Condomínio, em juízo ou fora dele, o síndico é responsável civil e criminalmente pelos atos cometidos na sua gestão. Além do mais, cabe a ele a defesa dos interesses de todos os condôminos. A NBR 16280 (ABNT) que trata das regras aplicadas as reformas, que passa a obrigar a vivência de um responsável técnico, de um laudo assinado por "Engenheiro" ou arquiteto.É ai que entra a responsabilidade do síndico. Sendo omisso, quer dizer, havendo uma reforma pela unidade sem que ele exija o desempenho da norma, e permita a perpetuidade da obra, estará praticando ato ilícito e falta é crime. Se quiser saber mais dicas sobre isso desse cenário, recomendo a leitura em outro muito bom web site navegando pelo hiperlink a a frente: locação plataforma telescópica. O dono do imóvel deverá apresentar ao síndico do condomínio um projeto de reforma, com o equipamento que será usado, a quantidade e a duração da obra.A norma recomenda a consulta prévia ao incorporador ou responsável técnico pelo projeto original da edificação ou, pela inexistência deles, "Especialista Engenheiro" ou arquiteto, pra saber quais as condições da construção e o que necessita ser feito. O controle do processo é fundamental. Além de fazer os projetos e identificar os responsáveis por todas as fases da obra, é necessário registrar tudo isto, documentar e arquivar os papéis.Quem um dia não teve contrariedade em encontrar o projeto elétrico e hidráulico pra poder discernir onde pode ser colocada um prateleira? A norma orienta ainda o proprietário ou responsável bacana pelo prédio a informar em fatos o usuário ou o síndico a respeito do plano de manutenção por meio da reforma. O texto define as condições de manutenção, que não podem cessar nem sequer no decorrer da obra. A reforma não poderá bloquear os caminhos de fuga e as saídas de emergência e deve constar do plano o destino dos resíduos da reforma da mesma forma o planejamento de entrega de utensílios.A perda de funcionamento da edificação com modificações nos sistemas prediais e na estrutura é uma das preocupações contidas na norma, bem como as interferências no entorno da obra", declara Cabral. Para ele, a nova norma esquematiza as etapas da obra e lista os requisitos pra antes, durante e depois de uma reforma em um prédio ou numa unidade.Ela afasta definitivamente o chamado "‘Zé da colher’, o faz-tudo, o interessado ou o amadorismo" e "privilegia a boa técnica". Cada intervenção em elementos da infraestrutura, como furos e aberturas, variação de seção de elementos estruturais e remoção ou acrescento de paredes. Pergunta: O síndico por si só não tem o entendimento técnico pra consumar um diagnostico da reforma a ser efetuada, como ele precisa proceder? Resposta: Com a norma, ele tem que demandar que o interessado recorra a um "Especialista Engenheiro" ou arquiteto pra atestar a segurança da edificação com a intervenção que se propõe. Pergunta: Qualquer serviço precisa ter o laudo?Resposta: Inicialmente sim, salvo aqueles menores serviços considerados como de manutenção, a exemplo de uma acessível repintura, ou a substituição de uma torneira, tais como. Agregação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. NBR 16280:2014 - Reforma em edificações — Sistema de gestão de reformas — Requisitos. SINDUSCOM-SP. Reforma de edificações ganha norma técnica. Donato, Veruska. ABNT instaura normas para reformas de casas e apartamentos.Prefeito Haddad, o que vejo pela cidade são faixas exclusiva para ciclistas totalmente vazias a cada hora do dia, pois que foram instaladas em locais errados. Tua real vontade é perturbar o sossego dos que trabalham em regiões consideradas nobres, acabando com as vagas nas ruas. O único benefício de suas faixas é estabilizar o candidato Padilha em 7%, votos de todos os petistas do Estado. Agora é uma amplo cooperação pro nosso Estado. Na madrugada no último sábado (seis/9), o MTST invadiu mais um terreno nas redondezas do Morumbi. Ao lado da terra invadida há insuficiente foi fabricado um vasto conjunto residencial de casas e apartamentos.É possível que tenha havido uma sincronia do fim daquelas obras com a tomada do terreno ao lado. É o que se faz sentir, presente a famigerada diferença entre "nóis" e "elles", discurso que ficou convencional. Ao que consta, não havendo certeza, o ambiente invadido seria da Prefeitura, no entanto não se tem notícia de que alguma autoridade municipal tenha tomado alguma providência depois do episódio, ao menos para resolver o abuso. Desse quadro de horror encontramos centenas de barracas cobertas com os compreensíveis plásticos pretos, não se sabendo se habitadas, dada e exiguidade do espaço entre elas. Insuficiente se conhece como o poder público enfrenta tão indigna condição daqueles que lá permanecem. Pintura e revestimentos 2º - De quem é a máquina dezesseis Planta de casas modernas com espaço gourmet Lar temporário ► 2015 (um) - ► Abril (1)Durante o tempo que isso, síndicos e moradores dos condomínios pedem explicações à subprefeitura, à Vigilância Sanitária, etc., o que é paradoxal: as justificativas, se existem, cabem ao comando público. Diante de tantas indecisões e inércia, onde está o prefeito? Segundo o grupo MTST, a invasão feita na semana passada ao lado do Cemitério Gethsemani ocorreu, em grande cota, por acrescentamento nos aluguéis em Paraisópolis e pela Vila Sônia. Acontece que o acrescento de aluguéis não se verificou somente nesses bairros, no entanto em toda a capital.Imaginem se, em explicação do aumento dos aluguéis, as pessoas começassem a invadir propriedades privadas pela cidade. Esse grupo agora passou dos limites. O caso de o aluguel ter aumentado não lhes fornece o certo de invadir posse privada. Neste instante está virando palhaçada. Os vereadores paulistanos, em excelente entrosamento com a política nacional, em 37 (trinta e sete) dias ficaram apenas dez (10) horas em plenário.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License